Viagem a Miró

A «infantilidade maior» do traço de Juan Miró vai finalmente estar ao alcance do olhar do público português.

Casa de Serralves, no Porto, abre ao final da tarde uma das maiores exposição de sempre do pintor espanhol. 

miro-2Depois de andarem numa roda viva, entre o banco BPN, o estado português e um leilão internacional em Londres,  as 85 obras do artista catalão vão finalmente ser expostas.

Debruçando-se de forma particular sobre a transformação das linguagens pictóricas que Miró começou a desenvolver em meados dos anos vinte,  a mostra aborda as suas metamorfoses artísticas nos campos do desenho, pintura, colagem e trabalhos em tapeçaria.

«Joan Miró: Materialidade e Metamorfose», assim se chama esta viagem ao mundo do artista surrealista, que contempla trabalhos entre 1924 e 1981, dois anos antes da sua morte.

A exposição vai estar em Serralves até 28 de janeiro. Depois…sabe-se apenas que irão continuar nas mãos do estado português.

Aproveite, conheça um pouco mais de Miró e do Porto.

«Un cuadro no se acaba nunca, tampoco se empieza nunca, un cuadro es como el viento: algo que camina siempre, sin descanso.»

Juan Miró

Boa vida, boas viagens

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *