10 lugares assustadoramente fantásticos!

Tenha medo…muito medo! Em “clima” de Halloween fique a conhecer os lugares mais assustadores do mundo!

Partindo dos Estados Unidos, passando pela Austrália e aterrando em Portugal são muitos os palácios, museus, igrejas, parques e cidades habitados por fantasmas, zombies e outras figuras que fazem parte do nosso “assombramento”.

O site Terra Brasil fez uma volta ao mundo e selecionou os pontos turísticos mais conhecidos pelas suas atrações assustadoras!

Nós reproduzimos o texto com os destinos de Halloween (*):

Pripyat, Ucrânia

pripyat

Localizada nos arredores de Chernobyl, Pripyat foi totalmente evacuada após o desastre nuclear de 1986. Hoje é uma das cidades fantasma mais assustadoras do mundo. O local ainda tem prédios, parques e até objetos pessoais desgastados com o tempo. Atualmente é possível visitar  Pripya mas é preciso utilizar roupas apropriadas, pois a radiação ainda existe.

Capela dos Ossos, Évora, Portugal

capela dos ossos

O nome oficial é “Igreja de São Francisco”. Aqui em vez de pinturas, quadros e santos, a decoração da igreja conta com ossos de mais de cinco mil pessoas. Há quem diga que a capela é assombrada.

Museu da Tortura, Amsterdã, Holanda

Como o nome sugere, o Museu da Tortura tem expostos vários métodos de tortura utilizados durante toda a história, sobretudo durante a Idade Média. A iluminação baixa e as ilustrações são feitas para deixar o visitante ainda mais intrigado com as histórias.

Port Arthur Historic Sites, Tasmania, Austrália

Ver o siteport-arthur-tasmania

Nos século 19 e 20, a cidade de Port Arthur era famosa por ter uma prisão “inescapável”. A prisão isolada estava cercada por águas cheias de tubarões. No auge, cerca de dois mil detidos morreram no local, devido às péssimas condições de sobrevivência nas celas. Já encerrada, a prisão ganhou fama internacional em 1996, quando um atirador matou 35 turistas que visitavam a cidade.

Museu da Morte Hollywood, Estados Unidos

museu da morte

Fundado em 1995 em San Diego, o Museu da Morte foi transferido para Hollywood pouco depois e hoje apresenta uma coleção de obras e histórias relacionadas com a morte. O assunto não é dos mais agradáveis, mas os administradores garantem que a intenção do lugar é fazer “as pessoas ficarem felizes por estarem vivas”.

Museo de las Momias, Guanajuato, México

museo de las momias

Este estranho museu expõe mais de cem corpos que foram mortos durante a epidemia de cólera do México, ocorrida em 1833. O mais curioso é que os cadáveres foram mumificados entre 1865 e 1958, quando uma mexicana passou a exigir pagamento para permanência de corpos nos cemitérios.

Winchester Mystery House, San Jose, Califórnia

winchester mystery house

É um dos lugares assombrados mais famosos dos Estados Unidos. A Winchester Mystery House era a residência oficial de Sarah Winchester, mulher de um magnata da indústria de armamentos. Segundo relatos, o local era assombrado pelos espíritos dos mortos pelas armas da marca Winchester.

Catacumbas dos Capuchinhos de Palermo, Sicília, Itália

catacumbas dos capuchinhos de palermo

Uma das atrações mais famosas de Palermo, as Catacumbas dos Capuchinhos é uma grande galeria subterrânea que expõe corpos mumificados há centenas de anos. O local surgiu por acaso, já que o cemitério do Monastério dos Capuchinhos não tinha mais capacidade para receber mortos. Um dos atrativos mais assustadores da catacumba é o corpo da menina Rosália Lombardo, que morreu em 1920 com dois anos de idade, e continua em perfeito estado (inclusive com órgãos internos intactos).

Ossuário de Sedlec, República Checa 

ossuario

É mais um local que teve a brilhante ideia de decorar suas instalações com ossos reais. O Ossuário de Sedlec possui mais de 40 mil esqueletos de pessoas vítimas da peste negra e das Guerras Hussitas, durante os séculos 13 e 15. São diversas esculturas como, candelabros e castiçais feitas inteiramente de ossos, que dividem as atenções com imagens de santos, vitrais e velas.

Pantano de Manchac, Louisiana, Estados Unidos

pantano ok

A história assombrada deste pântano remete à lenda de Marie Laveau, rainha dos Estados Unidos no século 18, e que seria praticante de vodu. Condenada a passar a vida inteira numa prisão da região, ela terá feito uma magia para deixar os rios turvos e infestados de crocodilos. Os mais supersticiosos acreditam que ela foi a responsável por um grande furacão em 1915, que curiosamente aconteceu no mesmo dia de seu funeral.

(*) A seleção, os texto e as fotografia desta noticia foram feitos pelo site Terra Brasil

Boa vida, boas viagens!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *